Entrópio, mais comum do que você imagina!

          O Entrópio é uma má-formação, mas que  pode também ser de origem adquirida, causando o reviramento da pálpebra para dentro e, com isso, a pestana ou os cílios irritam e arranham a superfície do olho, causando úlceras da córnea ou perfuração do globo ocular. Ele também pode causar cicatrizes de cor escura sobre a ferida, que é a ceratite pigmentar . Estes fatores podem provocar uma diminuição ou até mesmo a perda da visão.

       Qualquer cachorro pode ser atingido,mas há algumas raças com maior predisposição:Buldogue Inglês e Francês, Boxer, Shar-pei, Labrador Retriever, Chow Chow, Pug, Shih-Tzu e entre outras raças de cães.

Os principais sinais clínicos encontrados são:

– Contrações palpebrais;
– A pálpebra superior ou inferior virada para dentro, em direção do olho;
– Olhos irritados;
– Lacrimejamento excessivo, levando ao aparecimento de Epífora;
– Em caso de sérias inflamações, o olho acometido apresenta inchaço com presença de pus.

O tratamento, na maioria dos casos é feita através da intervenção cirúrgica,que é muito simples, porém bastante delicada.

Uma forma de prevenção é,ao notar qualquer anormalidade no olho do animal,levar ao seu veterinário de confiança.

Entrópio Canino

Entrópio Canino

Fontes:

http://guiaanimal.blogspot.com.br/2015/01/entropio-em-caes.html